Hackers que invadiram os sistemas da Embraer no mês passado começaram a vazar informações da fabricante de aeronaves na internet nesta segunda-feira. Os dados foram expostos depois que a companhia brasileira se recusou a negociar o pagamento de um resgate pedido pelos invasores.

Segundo o site ZDNet, que teve acesso aos arquivos vazados pela gangue, entre os documentos publicados estariam a íntegra de contratos, informações de funcionários, modelos em 3D de aviões como o Super Tucano (aeronave usada em treinamentos militares), dados sobre a compra de aviões militares pela Nigéria e fotografias de simulações de voo.

Os dados foram disponibilizados na deep web, parte da rede que não é indexada por buscadores.

 

Fonte: https://epocanegocios.globo.com/Empresa/noticia/2020/12/embraer-tem-dados-vazados-na-internet-por-hackers.html